Definidas ações do “Acelera Taubaté”

0
Representantes da Prefeitura de Taubaté e das empresas envolvidas no programa Acelera Taubaté iniciaram estudos para definir a instalação de canteiros de obras, logística de operações e cronograma de atividades.
A ideia é dar início aos serviços em 2018 de forma a minimizar os impactos à população. Entre as estratégias abordadas, por exemplo, ficou definida a elaboração de um “plano de ataque” das obras a partir dos bairros em direção à região central. Isto porque o centro da cidade já estará impactado por uma série de obras, como a requalificação das calçadas.
Com esta definição, a proposta é de mobilizar um grande canteiro central, que ficará responsável por abastecer canteiros satélites localizados geograficamente nas proximidades de cada um dos trechos abrangidos pelas obras.
Também será feito um estudo para identificar quais regiões podem receber frentes de trabalho em dois turnos para dar mais agilidade aos serviços. Em locais de grande concentração urbana e com moradias, as obras devem ocorrer em um turno para evitar incômodos no período noturno.
A primeira etapa do Acelera Taubaté vai priorizar obras de recapeamento asfáltico em 141,5 km de vias e de construção das bacias de contenção de enchentes. As obras de prolongamento da estrada do Pinhão, no sistema viário do Quiririm, integram este lote e estão na fase de elaboração do projeto executivo.
O financiamento internacional no valor de US$ 60 milhões foi assinado em Brasília no dia 1º de dezembro. O contrato prevê a melhoria das condições de acesso ao transporte público e ao fluxo do tráfego urbano, por meio de infraestrutura viária, mobilidade urbana, segurança pública e conservação de áreas verdes.

LEAVE A REPLY