Pinda: Secretaria de Saúde divulga primeiras ações para 2017

0

A Prefeitura de Pindamonhangaba está iniciando a reestruturação da Secretaria de Saúde e Assistência Social, que visa melhorar a saúde pública da cidade. Desde o início do ano, a secretária Valéria dos Santos e sua equipe têm visitado todas as instalações e prédios que oferecem serviços de saúde no município, para conhecer a realidade, ouvir funcionários e população e elencar as prioridades.

Agora, as primeiras ações estão sendo anunciadas. Um dos problemas mais sérios encontrados pela nova administração foi a falta de medicamentos na farmácia municipal. Para solucionar essa questão, foi feita uma compra grande de medicamentos, já na primeira semana de janeiro, com um investimento de aproximadamente R$ 2 milhões. A previsão é que esta compra estabilize em 30 dias a falta de medicamentos na farmácia, normalizando a entrega por pelo menos quatro meses.

A falta de remédios dos últimos meses foi ocasionada por um problema na licitação realizada em outubro pela administração anterior.

Reforma do PS

Uma das principais ações para este ano será a reforma do Pronto Socorro Municipal. Nos próximos três meses, a Prefeitura dará andamento ao processo burocrático de projetos e licitação. Após essa fase, começarão as primeiras obras.

Com a ação, o Pronto Socorro será praticamente duplicado. A parte superior, que abrigava antigamente a sede da Secretaria de Saúde, vai ser o primeiro local a receber obras. Após a finalização do piso superior, o térreo em operação do PS será alocado neste andar.

Isso possibilitará que aconteçam as obras sem que precisem parar as operações do Pronto Socorro. Com estas adequações, após o fim da reforma, o PS terá dois andares para atendimento.

Com o retorno da parte térrea do PS, após as obras, o piso superior será transformado em atendimento de emergência infantil, com entrada separada do PS. A verba para as obras já foi contemplada junto ao governo Estadual no ano 2016, no valor de cerca de R$ 1,5 milhão.

No prédio que foi comprado da Unimed para receber o pronto socorro infantil pela gestão anterior, será criado um Centro Especializado Materno Infantil.

“O prédio comprado anteriormente para ser o PS infantil não é adequado para receber todos os equipamentos necessários para atendimento de emergência para crianças. Um pronto socorro infantil junto ao PS e ao lado da Santa Casa dará toda a retaguarda de atendimento para elas. E o antigo prédio comprado da Unimed será usado para atendimentos especializados para mulheres e atendimentos básicos para crianças”, explica a secretária de Saúde, Valéria dos Santos.

Fonte: Assessoria Prefeitura de Pinda

LEAVE A REPLY